Dicas importantes para economizar no consumo de água


Com as baixas nos reservatórios de água e falta de chuva, é preciso redobrar a atenção ao consumo de água

A crise hídrica que vem se agravando desde o fim do inverno, gerou uma série de preocupações. Uma delas é com relação a como enfrentar este momento com uma maior economia de água e maior consciência ecológica. A C&C Casa e Construção separou algumas dicas para ajudar a enfrentar essa crise. 

 

  1.     Escolha o chuveiro correto - A economia de água durante o banho começa na escolha entre chuveiro e ducha. Uma diferença muito importante entre as duas opções é que o chuveiro possui um sistema interno de aquecimento (resistência), e por isso conta com uma vazão de água muito menor, gastando em média 6 litros de água por minuto, enquanto a ducha pode gastar até 60 litros de água em um minuto. Mas, se na sua casa o sistema é de ducha, não se desespere. Com um Conjunto Redutor de Vazão (R$ 10,99), que pode ser instalado dentro da ducha, é possível diminuir o consumo de água a cada banho. 

 

  1.     Lave toda a louça antes de enxaguar - Lavar louça é uma das tarefas que mais consome água na rotina da casa. Para agregar economia ao processo, é importante ensaboar todos os itens, e só depois que tudo estiver lavado fazer o enxágue. Para ajudar, nada melhor que uma bancada com duas cubas, assim fica bem mais fácil separar a louça limpa da suja durante o processo, antes de enxaguar todas as peças de uma só vez. A instalação de arejadores (R$ 41,99) nas torneiras também garante economia, já que a peça mistura ar à água, diminuindo o fluxo e oferecendo uma sensação de um volume maior.  

 

  1.     Evite o uso da mangueira - Quem não lembra da infância com as divertidas brincadeiras usando a mangueira enquanto se lavavam quintais, calçadas e carros? Mas em tempos de aquecimento global e escassez de água, a dica é guardar a brincadeira para outra hora e lançar mão de lavadoras de alta pressão (R$ 399,99). Acredite: apesar do jato forte que liberam, estas são excelentes alternativas para reduzir o consumo de água em até 80% em relação às mangueiras comuns. A economia é tripla: de água, de esforço e de tempo, já que a alta pressão permite limpar grandes espaços de maneira muito mais rápida e removendo até as sujidades mais difíceis. 

 

  1.     Opte por descargas com duplo acionamento -  A quantidade de água dispensada nas descargas não precisa ser a mesma para tudo. Quem utiliza a caixa acoplada pode economizar trocando o mecanismo com botão de duplo acionamento 3/6 litros (R$ 76,99), que permite destinar para cada necessidade a quantidade certa de água, evitando desperdícios. Outra alternativa é a  instalação da Bacia com Caixa Acoplada (R$264,99) que funciona com o sistema de acionamento duplo ajudando na economia. 

 

  1.     Automatize das torneiras - A substituição das torneiras convencionais por torneiras de fechamento automático (R$ 399,00) é uma opção que gera muita economia, o seu acionamento temporizado libera apenas a quantidade necessária de água para cada uso; Outra alternativa, é a instalação de torneiras com sensores (R$ 2.400,90) são excelente opção também para os banheiros residenciais - especialmente para quem tem crianças em casa. Além de evitar o desperdício durante a lavagem de mãos ou a escovação de dentes, elimina-se o risco de que as crianças deixem a torneira total ou parcialmente aberta depois da higiene. Um plus para a economia é que este tipo de torneira também aceita arejadores..

 

  1.     Armazene água para reutilização -  Além dos hábitos que geram economia, também é importante o armazenamento de água para reaproveitamento. As cisternas (R$ 5.999,90) permitem captar, armazenar e conservar a água potável, da chuva ou de reuso. Com ela é possível economizar até 50% do consumo total de água, já que viabiliza o aproveitamento tanto da água da chuva quanto da água cinza - aquela proveniente de banhos e máquinas de lavar roupa, por exemplo.

 

Comentários

Postagens mais visitadas

Siga @todacasaquer